12-05-18
Livro "Processo, alteridade e alternatividade na proteção dos direitos fundamentais" tem lançamento na AILE
O presidente da Academia Itaunense de Letras, AILE - professor Arnaldo de Souza Ribeiro participou na noite de sexta-feira, dia 04 de maio de 2018, do lançamento do livro: Processo, alteridade e alternatividade na proteção dos direitos fundamentais, por ele prefaciado.
Iniciou sua fala com dois pensamentos: "Nem todos os leitores são líderes, mas todos os líderes são leitores", Harry S. Truman e "Se cheguei até aqui foi porque me apoiei no ombro de gigantes que me antecederam", Isaac Newton.
Cumprimentando os presentes, agradeceu à professora Edilente Lobo pela deferência e relatou que desde a implantação do Programa de Mestrado em Direitos Fundamentais da Universidade de Itaúna - UIT - cotidianamente, em suas aulas, Seminários e defesas de Dissertações, percebem-se o fluir e o multiplicar de novos pensamentos e ensinamentos que contribuem para a efetivação e a consolidação do Estado Democrático de Direito, nos termos esculpidos na Constituição Federal de 05 de outubro de 1988. Cujos trabalhos inspiram e materializam-se em livros, como aquele lançado.
Asseverou que o mencionado livro é composto de sete capítulos ecléticos, que se dialogam e complementam-se entre si, considerando que a temática de todos eles, tem em comum, o bem estar do cidadão e a efetivação do estado democrático de Direito, sendo: A justiça restaurativa e a democratização do processo por meio da participação da vítima - Álisson Thiago de Assis Campos; A reforma trabalhista e o agravamento da crise do direito sindical brasileiro - Daniela Muradas Reis e Adriana L. S. Lamounier Rodrigues; Direito à saúde dos refugiados: perspectivas sob a luz do princípio da universalidade e da regra interpretativa pro homine - Julieth Lais do Carmo Matosinhos Resende; Educação para a cultura da paz: alternativa para a desjudicialização de conflito - Liliana Maria Gomes; Programa São Paulo cidade linda: programa São Paulo cidade cinza - Mariel Rodrigues Pelet; As interseções nos caminhos de Themis e Calíope: um estudo das relações entre o direito, arte e literatura - Poliana Cristina Gonçalves e Direito fundamental à proteção do mínimo salarial: vedação à omissão na adoção de políticas protetivas contra a corrosão da moeda - Edilene Lobo e Frederico Dutra Santiago.
Fez sucinto comentário acerca de cada um dos capítulos e enfatizou os pontos relevantes de seus conteúdos.
Concluindo sua fala, disse que o livro constitui-se de temas ecléticos e interdisciplinares, sem, contudo, perder a interface e a comunicação entre as temáticas abordadas, o que indubitavelmente, enriquece e valoriza a obra.
Disse ainda, certa vez perguntaram a Isaac Newton, como conseguira ir tão longe, ao que respondera: Se cheguei até aqui foi porque me apoiei no ombro de gigantes que me antecederam.
Em paráfrase aos pensamentos de Isaac Newton e Harry S. Truman, a presente obra - equipara-se ao ombro de um gigante - e deve ser lida e estudada por aqueles que desejam ser lideres e irem mais longe, pois seus subscritores a dotaram de grandes conhecimentos e o fizeram com sabedoria e percuciência.
Ademais, aumenta sua importância e propriedade, neste momento em que o Brasil, clama por líderes, competentes e isentos; portanto, é de bom alvitre que as Universidades e as pesquisas acadêmicas voltem a contribuir para a formação de novos lideres, e que os façam compromissados com a efetivação dos princípios morais, éticos e na busca da efetivação do estado democrático de direito. Desse modo, a leitura e o estudo de livros da qualidade e conteúdos, do ora prefaciado e disponibilizado, indubitavelmente será um efetivo e eficaz instrumento transformador de estudantes e leitores, em verdadeiros e edificantes líderes.