2004- 2005- 2006- 2007- 2008 - 2009 - 2010 - 2011 - 2012 - 2013 - 2014 - 2016 - 2017

10-218
O brasileiro é engraçado. Reclama sem parar, de tudo; muitas vezes, na maioria delas, com toda a razão. Reclama dos preços altos, reclama da tarifa do coletivo, reclama da mensalidade da escola do filho, do aumento da cerveja, da falta de médicos suficientes e recursos idem, para cuidar da sua saúde. Mas, nas raras vezes que a saúde pública cumpre seu papel em plenitude, o brasileiro não usufrui.
A Febre Amarela mata mais depressa que a dengue e outras tantas doenças. E tem vacina de graça em todo lugar.
Em Itaúna, ser imunizado é muito tranquilo; aqui tem 22 postos de saúde, todos com vacina de sobra para todo mundo. Não dá para perdoar alguém que se contamina com Febre Amarela porque não se vacinou. Não dá para perdoar alguém que não se preocupou consigo, não se preocupou com seus entes queridos, com seus amigos e simplesmente se deixou adoecer.
Outro dia assisti um tolo, um rapaz na rua, sendo entrevistado sobre ter ou não ter sido imunizado. O tolo respondeu: "Ah, ainda não... por enquanto não tá matando muita gente!" Ah, se estou ali falando com ele, dava-lhe uma sacudida para acordar para a realidade!
Então gente, não vamos dar bobeira não. Perder esta briga para um mosquitinho é demais, né? Vacinar é a única forma de se proteger, não há outro jeito. O negócio é se vacinar contra a Febre Amarela e torcer para que outras vacinas, contra tantas outras doenças, sejam disponibilizadas na rede pública de saúde para todos nós brasileiros.
A gente não costuma dizer que "de graça, até injeção na testa!"? Então, é de graça!
 
Maravilhoso o "Pau de Gaiola" arrastar tanta gente na tarde/noite de quinta-feira passada. Alguns mais "sombrios" daquela turma do contra tudo e contra todos diriam que o povo esquece tudo, as contas, a corrupção, a fila na saúde, a educação precária, as escolas caindo aos pedaços, e resumiriam assim: pão e circo.
Mas deixemos o povo extravasar. Se tanta coisa ruim tá acontecendo no nosso país, se aqui em Itaúna muita coisa precisa tomar rumo, melhorar, por que não fazer uma pausa e esquecer pelo menos por 4 dias que tudo isto está acontecendo e brincar? Todo mundo tem direito de extravasar, de agitar, sambar, cair na sofrência dos blocos sertanejos ou dançar funk na avenida. Mas, dancem, troquem beijos, abraços, chamegos, mas se a coisa evoluir, não deixem a camissinha de lado. As DSTS - Doenças Sexualmente Transmissíveis adoram carnaval também.
E homens, por favor, respeitem quem não quer ser beijado, tocado. E todos os foliões, respeitem as diferenças. Opção sexual e cor da pele não são nada anormais. As pessoas apenas são negras ou brancas demais, gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais. Só isto, mas acima de tudo são pessoas.
Vamos brincar, rir, divertir, beijar, curtir, mas com alegria, com respeito aos outros, porque quarta-feira de cinzas sempre chega. Bom carnaval!
 
Hoje o Observatório da Corte está parecendo Secretaria de Saúde!
03/02/18
A coleta de lixo em Itaúna precisa ser revista. Os coletores levam o que querem, no dia que querem. Não adianta separar com responsabilidade, se eles cismam, não levam mesmo. O lixo orgânico, até que, para quem tem horta em casa, dá para transformar em adubo, mas são poucos os que podem fazer isto e este é melhor coletado. Mas, o lixo seco tem a pior coleta possível. Não adianta mesmo fazer nada.
Uma coisa que é lixo reciclável são as embalagens plásticas de alimentos. Se elas não forem lavadas com sabão, sempre vão apresentar algum cheiro e se o coletor detecta este cheiro, pronto, o lixo não é recolhido. Parece que, para que a coleta seja feita a contento, a população, além de separar o lixo, vai ter que lavar, colocar amaciante e passar, antes de colocar algumas resíduos no lixo. Não vale o que cobram.
A Prefeitura tem divulgado que 90% dos focos do Aedes estão nas casas, mas, estão também pela cidade. Na avenida Dr. Miguel Augusto não existe limpeza entre o passeio e a linha férrea. Muita gente que passa pelo local joga ali copinhos, garrafas, plásticos, diversos materiais que acumulam água. Mas, ninguém limpa.
 
Esta semana foi notícia nos telejornais a incrível porcentagem de usuários do transporte público que pula a roleta para não pagar passagem. Em algumas linhas da região metropolitana de BH, 90% dos usuários do transporte público pulam as roletas e não pagam a passagem. Além do alto preço do transporte público, do desemprego (12,5% em 2017) o que já diminui o número de usuários e aumenta o número daqueles que usam, mas não podem pagar e pulam a roleta. Mas, uma outra justificativa foi apontada e é a mesma situação que acontece em Itaúna: a eliminação da figura do trocador. O motorista, que já tem que prestar atenção no trânsito e que deveria ser apenas isto, agora tem que fazer conta, receber e dar troco. Ainda querem que ele preste atenção em quem pula a roleta ou ainda que se levante e enfrente os praticantes da arte? Claro que não! Ele que já se arrisca demais em assaltos, em acidentes, vai se meter em mais confusão? As empresas de transporte coletivo determinam que caso um usuário pule a roleta, o motorista deve fechar as portas do ônibus e dirigir até o posto policial mais próximo. Tá bom! Coitado, não vai durar mais duas horas depois disto!
Em Itaúna, no ano passado, 4 de abril, quando de várias discussões sobre o transporte público em Itaúna, foi aprovado um projeto de lei de autoria do presidente da Câmara Municipal de Itaúna, vereador Márcio Gonçalves que proíbe que na cidade o motorista de ônibus coletivo desempenhe também a função de cobrador, porque coloca em risco a integridade física dos usuários. Até hoje ainda existem horários quando o motorista tem função dupla.
Além de analisar as planilhas de custo da empresa Autotrans, a Prefeitura de Itaúna deve impor que a lei seja cumprida na cidade.
 
E o professor se foi
Deixamos de ter no nosso convívio o grande professor Marco Elísio. Era uma pessoa e tanto. Me lembro dele, quando estudava na Escola Normal, trabalhando como um louco para que Itaúna fosse reconhecida pela Unesco como Cidade Educativa. Lembro também que foi na matéria dele que tive minha primeira nota vermelha na caderneta, em Geografia. Depois por inúmeras vezes ele esteve na minha casa e a conversa principal sempre foram as plantas. Minhas mais lindas suculentas vieram do jardim que ele tem nos fundos de sua casa, um lugar lindo. O que dizer? Todo mundo vai embora, mais cedo ou mais tarde. Só mesmo agradecer os ensinamentos na escola e ao longo de nossa convivência fora da escola. Obrigada, professor.
 
27/01/18
E o Lula, hein?
O julgamento mais esperado da história política deste país aconteceu na última quarta-feira, dia 24 de janeiro. O país parou para voltar toda a sua atenção para a cidade de Porto Alegre, para a 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. O dia inteiro a mesma coisa na TV, nas rádios, só julgamento. Na verdade até hoje não se fala em outra coisa, pelo mundo inteiro.
Ao contrário de ser salvo, ganhar do juiz Sérgio Moro, Lula recebeu uma pena maior. Então todos as manifestações de "Lula na cadeia" agora vão ter seu desfecho? Não! Nada mudou, só a pena agora é maior. Mas ele continua soltinho da silva e pode ainda ser até presidente do Brasil de novo.
Depois do julgamento do recurso contra a condenação pelo juiz Sérgio Moro do ex-presidente Lula da Silva, li, reli, tornei a ler e li de novo para tentar entender o que aconteceu e o que vai acontecer. Confesso que não entendi nada.
Várias assinaturas, 1,3 milhão delas, foram entregues ao Congresso Nacional em 2010 para a criação da lei da Ficha Limpa, ou seja, quem for condenado, por vários crimes, entre eles desvio de verbas públicas, compra de votos ou uso eleitoral da máquina, não pode concorrer em eleições.
Mas na prática acontece isto? A lei no país é tão estranha, dá tantas voltas e acaba quase sempre na impunidade.
O recurso de Lula da Silva não só foi negado como ainda teve sua pena aumentada mas, e daí? Ele não foi preso! E ainda saiu fazendo discursos contra a Justiça brasileira! Acusa a todo instante de ser perseguido, um santo como ele!
E vai concorrer às eleições! Joga isto na cara da Justiça o tempo todo. Desafia. Trata tudo como um circo, com escárnio, ri do povo. Ri da parte do povo que o quer longe de um governo e ri mais ainda do povo que o idolatra, que apoia seu plano de poder.
Seus advogados vão mexendo aqui e ali, tudo dentro da lei, desviando de qualquer obstáculo e o mês de agosto vai chegando. O máximo que vai acontecer é ele concorrer às eleições para presidente sem poder fazer campanha, mas pergunto de novo, e daí?
Ele vai precisar mesmo fazer campanha para vencer as eleições deste ano? Ainda mais com esta crescente onda de não votar que o brasileiro está indo. Não vai votar porque não considera um só candidato merecedor de seu aval, mas milhões de vermelhinhos vão votar e é ai que a eleição de Lula vai ser garantida.
É frustrante ver que a Justiça, que pode defender este país, tem tantos caminhos, tantos atalhos e desvios que de nada adianta condenar um corrupto como o Lula. Sempre ele vai conseguir um atalho.
Tomara que eu esteja errada.
 
 
20/01/18
Quarta-feira, dia 24 de janeiro, se aproxima e neste dia o Brasil vai parar, ficar atento à decisão da justiça se confirma ou não a sentença do juiz Sérgio Moro que condenou o ex-presidente Lula da Silva a mais de nove anos de prisão pela acusação de ter recebido o apartamento triplex no Guarujá como parte de pagamento de propina.
O Ministério Público Federal enviou nota à imprensa de todo o país na quinta-feira, comunicando que o procurador regional da República, Maurício Gotardo Gerum não pedirá a prisão imediata de Lula caso sua condenação seja confirmada, tudo correrá conforme usual, ou seja, se condenado vai ter o direito de aguardar o julgamento dos recursos de segundo grau.
A decisão pode parecer uma vitória do PT que passou os últimas semanas se preparando para uma guerra, literalmente, em Porto Alegre, mas não é, apenas trâmites legais.
Nas redes sociais defesas e ataques, mentiras, boatos, que no final virou ira, ódio dos dois lados. Cerca de 200 mil pessoas, segundo notícias, estarão na cidade que não terá a presença do réu, já que seu pedido de ser novamente interrogado foi negado.
O senador Lindbergh Farias chegou a postar um vídeo na sua rede social, em apoio a uma declaração ameaçadora da senadora Gleisi Hoffmann, atual presidente do partido dos Trabalhadores. A senadora disse a um site que "para prender Lula, terão que matar muita gente" e o senador por sua vez, incitando os petistas, gravou um vídeo dizendo "a gente tem que ter uma outra esquerda, mais preparada para o enfrentamento, para as lutas de rua. Chega. Não é hora de uma esquerda frouxa, burocratizada, acomodada. Nós não vamos aceitar a condenação do presidente Lula."
Os militantes petistas não vão recuar se Lula tiver ou não sua condenação confirmada. Cegos e surdos a qualquer argumento só conseguem acreditar que foram traídos, que Lula é uma santo, Gleisi, uma santa e todos os petistas que foram parar na cadeia estão lá por perseguição política. Contra estes, que se negam a enxergar a realidade, não adianta argumentar e muito menos bater de frente. Estão prontos para a luta, a guerra que faz o sangue deles ferver. Cegos, vão derrubar tudo que estiver na frente, vão destruir patrimônios que não construíram, matar e ferir pessoas que nada de mal lhe fizeram, não vão medir consequências. Vão fazer de tudo para que este país se torne mais um dos países do mundo e aqui das América Latina, com gente passando fome, corrupção desenfreada, miséria, subdesenvolvimento, países onde falta tudo e programas de governo para os mais carentes. Aliás onde toda uma população, com exceção da classe política da situação, é carente.
Com Lula na cadeia ou não, o que o povo brasileiro precisa é lutar, sem uso da força física, para tirar de vez deste país este câncer que se tornou o PT.
O julgamento do recurso será transmitido ao vivo pelo YouTube a partir das 8h30.